Pra você...

Postado por Thiago de Paula On 04:00

Voltei!!! Passei esses dias sem postar só pra ver se alguém sentia falta. Ninguém sentiu... Mas sou persistente, mesmo que não façam rebeliões por falta de posts eu os farei. Sempre que puder e que tiver inspiração é claro. E é disso que eu venho falar hoje: INSPIRAÇÃO. Sem fugir é claro do tema da semana, que acaba na terça neh?! Acho que sim...
Inspiração, vou chamar de inspiração um trecho das palavras escritas de alguém. Alguém que hoje foi de grande importância pra mim... O trecho: quando temos uma simples companhia ao nosso lado, num banco de praça ou numa mesa de bar, isso tem sabor melhor quando percebemos num "insight" que é gratuito e espontâneo! E que, o que é realmente nosso é AQUELE MOMENTO. Isso, nem o tempo nos tira!. Palmas por favor!!! É desse sentimento que eu venho falando durante esse tempo, é dessa pureza, dessa compreensão da vida. Nada mais vale além deste momento, nada mais importa além do que vivemos AGORA. A beleza daquilo que é, está naquilo que se é enquanto se é. Óbvio, lógico, mas não tão simples quando se trata de seres humanos. Nós nunca somos completamente, inteiramente, totalmente, apesar da nossa essência imutável. O momento não muda, cada segundo que passa é marcado e nele nada mais se altera. A beleza de ser humano é justamente poder ser este monstro de possíveis mutações. A beleza de ser humano é ser um a cada momento e o mesmo eternamente. Ser humano me possibilita experimentar, "errar", "fingir". Ser humano é ter segredos, é não saber o que é amar e amar assim mesmo. Ser humano implica ser sozinho, solitário, triste, carente e mentiroso, pois todos nós somos felizes. Ser humano é mostrar, é entregar, é doar tudo que não se tem. Pois não se tem nada além DESTE momento. O que pertence a nós é o tempo em que vivemos, nada além do tempo, pois nada mais é eterno.
Obrigado pelas palavras. Em "doses homeopáticas" despejo meus pensamentos, e hoje eles são seus. Me doaste teu momento e agora te dôo o meu, sem desejos, sem anseios, sem pretensões, te dou aquilo que tenho: meu momento...

4 comentários

  1. Liarinha Said,

    "Palmas"... Isso mesmo.. Muitaaa Palmasss pra ti Thitho..
    Eu senti falta sim, até comentei com a Nega.. Só não falei nada.. Mas entro sempre aqui pra ler esses textos lindos que tu escreve.. Já disse, sou tua fã.. Adoreeeeeeeeeeeii.. Eu viajoooooo ctg.. rsrs...

    Vários momentos Thitho..
    continue assim..
    Te amo muitoooooooo!!!!!

    Posted on segunda-feira, 29 setembro, 2008

     
  2. silvinha Said,

    Post scriptum do qual não poderia prescindir: feliz por ter escrito algo que serviu de "estopim" para a linha de pensamento do teu post de hoje. E foi um grande presente pra mim, de verdade! :)

    Posted on segunda-feira, 29 setembro, 2008

     
  3. silvinha Said,

    Apaguei o comentário acima. Mas aqui segue, exatamente o mesmo (uma das vantagens de usar editor de texto!).
    São tão bons momentos assim, totalmente gratuitos e despretensiosos. Além do tempo, este que é tão simples na sua imensidão. Porque, textos como estes me fazem pensar que o IMPORTANTE em qualquer encontro que a vida nos proporciona (e o "encontro" que a casualidade me proporcionou ontem) é justamente a poesia que ele deixará em mim e em quem ler o seu texto, sem interessar minimamente a idéia de tempo ou permanência, seja este uma brevidade ou para sempre. Principalmente se o AGORA tiver sido um deleite...
    E quando ao trecho: "A beleza de ser humano é ser um a cada momento e o mesmo eternamente." te respondo com uma frase que li: "Ninguém pode, por muito tempo, ter um rosto para si mesmo e outro para a multidão sem no final confundir qual deles é o verdadeiro". E pensando bem, ambos são verdadeiros e pertencentes de uma mesma pessoa. As tais 'facetas'... Ah, o ser humano!
    Adorei viu?! Leitora assídua djááá! :) Xêro.

    Posted on segunda-feira, 29 setembro, 2008

     
  4. Nega Said,

    É.. momentos.. foram muitos.. e que momentos.. sempre ótimos..tanto os tristes como os alegres! momentos em que ambos aprendemos muito! momentos em que compartilhamos esse sentimento inexplicavel..a amizade.. carinho.. amor..atenção etc..
    que trazem enorme saudades..
    te amo Thithio..não pra de escrever viu.. tá lindo demais!

    Posted on terça-feira, 30 setembro, 2008

     

Postar um comentário